Lisboa em um dia

Share

Estás por pouco tempo em Lisboa? Só tens um dia para visitar a cidade e não sabes o que fazer? É para isso que estamos aqui: deixamos-te um excelente roteiro para que desfrutes de algumas das maravilhas lisboetas em muito pouco tempo.

NOTA: se NÃO gostas de caminhar, não continues a ler este artigo!

Antes de mais, e assumindo que chegas de avião, há que saber sobre o AeroBus. Este transporte leva-te do aeroporto para o centro de Lisboa. Há um a cada 20 minutos e o bilhete são 3,50 Euros: à partida parece caro mas é válido por 24 horas e podes usá-lo para outros autocarros/ônibus da cidade. O primeiro é às 7:00 e o último às 23:00, no sentido Aeroporto-Centro. No sentido inverso (sai do Cais do Sodré) funciona das 7:45 às 22:30.

Sabendo isto, sai do AeroBus na praça dos Restauradores. Este lugar caracteriza-se pelo seu obelisco central, rodeado de comércio (lojas, cafés, tabacarias, etc.) e está situado no fim da Avenida da Liberdade. Na viagem do aeroporto verás (a certa altura) uma rotunda enorme com a estátua do Marquês de Pombal, acompanhado por um leão; ao sair da rotunda, descerás a Avenida, que está rodeada por muitas árvores… é fácil!

Já a pé, e nos Restauradores, recomendamos-te um passeio n… ah! Talvez primeiro queiras relaxar um pouco e tomar um café em Lisboa, claro! Para tal precisas de ler o nosso artigo sobre como pedir um café em Lisboa. Estando já no coração da capital, sugerimos-te um cafézinho num destes lugares: a Pastelaria Suíça, o Café Nicola ou, andando um pouco mais, podes sempre ir visitar a estátua do poeta Fernando Pessoa no célebre café “A Brasileira” (para quem esteja com fome a partir das 12:00 ou ande na área pela hora de jantar recomendamos o incontornável Príncipe do Calhariz, muito perto do Largo do Camões).

Também dependendo da hora a que chegares – ou independentemente disso, da vontade que tiveres para saciar a sede de tradição – não podes perder um trago de ginjinha, uma das coisas mais típicas da cidade… uma doçura de licor!

Em seguida recomendamos-te que entres na Rua Augusta, de forma a passar pelas portas da cidade, a verdadeira e imponente “entrada de Lisboa”, a belíssima, majestosa Praça do Comércio, ou  Terreiro do Paço, onde poderás ver o miradouro do Cais das Colunas! Aí também poderás tomar um café ou mesmo comer qualquer coisa; há um par de esplanadas agradáveis e com bom serviço.

Depois deste espaço enorme a céu aberto, o melhor mesmo é veres a Sé Catedral de Lisboa e contorná-la pela esquerda, seguindo a linha do elétrico até chegar ao Miradouro de Santa Luzia. Voltas para trás (são 5 minutos a pé) e desta vez contornas a Catedral pelo outro lado. Aí encontrarás um par de cafés (um deles é o “Pois” e tem wifi grátis, caso queiras tomar algo e necessites de fazer uma pausa para verificar e-mails, mandar uma foto aos amigos e/ou família, etc.).

Passo seguinte? O objetivo agora é perderes-te num labirinto secularTalvez o bairro mais célebre de Lisboa, sem dúvida histórico e ainda de pé mesmo após um violentíssimo terramoto e tsunami que abalaram a cidade em 1755: a linda, maravilhosa, labiríntica Alfama!

Alfama é lugar para te perderes, ou seja, não há uma regra geral a não ser caminhar e apreciar o maravilhoso bairro que te rodeia. Em cada esquina e recanto, um encanto! É uma zona que parece saída de uma história de Corto Maltese, onde não sabes o que podes encontrar… tanto uma velha casa de Fados como uma casa pequeniníssima para provar outra ginjinha (pois, em Alfama também há!), ou algum bar meio escondido, em jeito de só-vai-quem-conhece. Se há boa forma de Lisboar, é passear em Alfama!

Já que estás em Alfama, aproveita para descobrir o majestoso Panteão Nacional (e se visitas numa 3ª-feira ou Sábado, passear pela Feira da Ladra) e fazer uma pausa para almoçar nalgum restaurante típico da zona (há muitos, desde Santa Apolónia até ao Terreiro do Paço).

Aqui perto encontrarás a estação de Santa Apolónia (perto da discoteca Lux Frágil), parte da linha azul do metro de Lisboa, e que te levará à estação dos Restauradores (onde começámos este passeio), para que possas regressar ao aeroporto via AeroBus caso o pretendas (o metro encerra às 01:00 e reabre às 06:30).

Sem dúvida há muito mais para descobrir em Lisboa e “o que ver” é um assunto muito subjetivo. Então para já ficam estas sugestões, sendo provável que actualizemos no futuro.

Se quiseres um tour mais especializado, contacta-nos e ajudamos-te a encontrar o melhor passeio low-cost de acordo com o teu tempo e necessidade!


Ver mapa maior!

Share

Comentários

VER MAIS EXPERIÊNCIAS