Alfama

O que ver e fazer em Alfama?

São vários os pontos de interesse em Alfama. Eis a lista:

Uma das características que mais atrai em Lisboa é a sua autenticidade, sua falta de pretensões. Alfama é a exaltação desta premissa: não só é um dos bairros mais antigos, tradicionais da velha cidade, como também é cada vez mais um centro de cultura. É um lugar de recantos escondidos, de esquinas e ruas estreitas, onde vale a pena perder-se. Há que conhecer os seus vários miradouros, o comércio local, seus cafés e restaurantes (onde – regra geral  – é quase sempre possível ouvir uns Fados), entre outras atracções.
Alfama é um dos bairros que sobreviveu ao devastador terramoto de 1755. Aqui conviveram judeus, cristãos e muçulmanos. O bairro mantém a sua imagem de roupa estendida nas janelas, as suas escadarias estreitíssimas, as flores e becos… é um lugar ótimo para um passeio pela tarde.
A música é uma característica inexorável do bairro. É comum ir andando pelas ruas de Alfama e escutar o Fado, saindo pelas portas e janelas locais; de vez em quando vem acompanhado pelo típico cheiro de sardinha assada. Alfama também é conhecida entre os locais por contar com inúmeros artistas da música popular portuguesa, com suas melancólicas melodias, as letras sobre o mar, a saudade, o quotidiano e outros temas comuns ao estilo.
Para quem visite Lisboa é – sem lugar para qualquer dúvida – obrigatório conhecer.

Comentários

VER MAIS EXPERIÊNCIAS